Minimalismo

Posso ser minimalista e comprar livros?!

posso-ser-minimalista-e-comprar-livros

Uma pergunta que surge sempre para quem é amante de livros e quer seguir uma vida mais minimalista é “Será que sou minimalista se compro tantos livros!?“. O minimalismo não é reduzir nos bens materiais? Então porquê que compro tantos livros? Também já chegaram-me a dizer que não podiam ser minimalistas, porque gostam muito de comprar livros. Será mesmo que não posso ser minimalista e comprar livros?!

Minimalismo não é um número reduzido de bens materiais

Depois de ter pensado muito nestas questões, cheguei à conclusão que muitas pessoas caiem no erro de ver o minimalismo como um rótulo de pessoas que possuem muito pouco, que mostram-nos aquelas casas super clean ou que podem colocar os seus pertences numa mala. Minimalismo não é um número reduzido de bens materiais, é escolher o que realmente é importante para cada pessoa, é o que quero para a minha vida pessoal. Minimalismo não é um estilo de vida radical pré-moldado, mas é sim algo que se pode adaptar às nossas necessidades, ao que é essencial para cada um de nós.

Podes gostar de ler também O Minimalismo não impõe Regras

O que é Tsundoku?

Comprar livros, livros e mais livros é algo que faz sentido para mim. Existe até um termo em japonês para isto, que é Tsundoku (“tsunde oku” significa empilhar e deixar de lado por um tempo e “doku” corresponde ao verbo ler). Ou seja, Tsundoku é nada mais que a intenção de ler livros e ir criando uma coleção. Eu tenho o desejo de criar a minha própria biblioteca, é algo que me faz feliz. Sendo o Minimalismo escolher o que é essencial para mim, o que me dá felicidade e tirar da minha vida tudo o resto, então eu posso ser minimalista e ter livros. Minimalismo é eu encontrar o meu equilíbrio!

Minimalismo ajuda-me a fazer compras conscientes

Mas claro que tenho de comprar com consciência, não comprar porque algo está em promoção ou com um preço muito reduzido. E isto nem sempre é fácil!! Então para quem produz conteúdo sobre livros, acaba por receber muita informação e a vontade de comprar tudo é muita. E é aqui que o minimalismo ajuda-me, pois o Minimalismo acaba por me ajudar a fazer escolhas conscientes, invés de ser levado a fazer algo por factores externos ou marketing. Na altura em que estou a comprar livros, há algumas perguntas que ajudam:

  • Este livro eu quero mesmo na minha biblioteca?
  • Tem de ser agora? Eu vou ler agora, num futuro próximo?
  • Posso primeiro ler em ebook? Procurar na Biblioteca?

São perguntas que tento sempre colocar quando estou a comprar livros, para evitar comprar compulsivamente e acumular livros que não vou ler nunca. E quando compro tento aplicar a regra “Entra um, Sai outro“, porque quem me segue, sabe que livros vou sempre ter muitos e comprar muitos. No entanto, sou uma pessoa que desapega muito facilmente. Não tenho e não quero ter livros na estante a ganhar pó, quero sim ter livros que vou reler um dia ou que olhe para eles e me digam alguma coisa. Em relação aos livros não lidos na estante, tento sempre perguntar-me se ainda o quero ler. Se a resposta for sim: eles continuam na estante… se a resposta for não: vendo ou dou a alguém.

Se gostas de livros podes seguir no So happy with Books

Ser minimalista é sabermos fazer escolhas!

Confesso que ultimamente tenho comprado muitos livros, por isso senti necessidade de escrever este post. Porque minimalismo também é isto, temos que repensar nas nossas decisões, parar e ver o caminho que estamos a seguir. Falei sobre livros mas podia ser de roupa ou outra coisa qualquer. Em conclusão, volto a dizer que: ser minimalista não é o número reduzido de itens que temos na nossa vida. Ser minimalista é sabermos fazer escolhas! É reduzir o que não interessa, retirar a tralha das nossas casas. E para mim livros são cultura e cultura não é tralha. 

Se és amante de livros como eu, partilha no Pinterest este artigo: Posso ser minimalista e comprar livros?!

posso-ser-minimalista-e-comprar-livros-pinterest

Previous Post Next Post

Também podes gostar de:

6 Comments

  • Reply Inês

    Concordo, sempre que leio um livro penso se é um livro que vá reler e que queira guardar ou emprestar a alguém. Se a resposta for não, vendo-o ou troco online por outro que queira ler. Não quero ter a estante cheia de livros, quero ter “os livros”, ou seja, aqueles que me dizem muito, que vou querer reler mais tarde.

    at
    • Reply Raquel Silva

      É isso mesmo Inês 🙂 Olho para a estante e quero ver os livros que me dão alegrias, mesmo que alguns não vá reler. São tantos livros que queremos ler, que não sei se algum dia vou conseguir reler os favoritos. Mas sempre dou uma passagem pelas anotações que fiz 🙂

      at
  • Reply Marta Chan

    Também já tinha pensado nisto porque realmente é a única coisa que compro às resmas 😛 ainda assim desde o ano passado que tenho recorrido muito às bibliotecas e este ano só comprei um ou dois livros sabendo que os vou ler logo e possivelmente vou voltar a ler um dia.
    Vejo os livros como cultura e a cultura é onde devemos gastar dinheiro. Para aprendermos e crescermos e depois partilharmos com os outros a nossa sabedoria. É como dizes, não vale comprar livros à parva, mas se é um hobby que tanto adoras então força venha lá essa colecção 🙂

    at
    • Reply Raquel Silva

      Se tivesse em Portugal recorria à biblioteca mas aqui em França não…não gosto muito de ler algo traduzido para o francês. Mas por exemplo desapeguei-me de todos os livros em francês que tinha na estante, porque se quiser posso ir à biblioteca 🙂 Não mantenho livros na estante que não me dão alegria mas vou continuar sempre a ter e comprar muito livros 🙂 No entanto, compro quase sempre em segunda mão. Beijinhos!

      at
  • Reply Filipa Mendonca

    finalmente um bom post sobre Minimalismo. excelente abordagem, adorei!

    at
    • Reply Raquel Silva

      As pessoas olham sempre para o minimalismo com algo vazio…pessoas que vivem com muito pouco. É verdade que reduzi muito o meu guarda-roupa por exemplo…tenho mesmo muita pouca roupa e sapatos. Mas no que toca a livros tenho muitos e vou continuar a ter. Olha para as minhas estantes com alegria 🙂

      at

    Deixa um comentário

    %d bloggers like this: